Escolha um idioma:

As tecnologias sociais caracterizam-se como uma proposta inovadora na garantia do desenvolvimento humano, social, econômico e ambiental. Baseia-se na proposta de construção de soluções para problemas voltados ao cotidiano das famílias, como acesso a água, alimentação, educação, energia, habitação, renda, saúde, meio ambiente, entre outras. Busca soluções de forma simples, com baixo custo, fácil aplicabilidade e impacto social comprovado, assim como, sua viabilidade de reaplicação junto a população que necessita melhorar sua qualidade de vida. São dimensões importantes de uma tecnologia social, aliar os saberes populares ao conhecimento técnico-científico. O uso de tecnologias sociais apresenta relevância econômica, social e ambiental, pois prevê o desenvolvimento de ações voltadas para melhoria da qualidade de vida das pessoas, contribuindo de forma estratégica para o desenvolvimento sustentável e socioeconômico.

Baseado nesse conceito, a ADAI propõe na sua política de trabalho, garantir a implementação de tecnologias sociais para os atingidos por barragens, visando sempre garantir a melhoria da qualidade de vida dessas populações vulneráveis. Ao mesmo tempo, garantir que o uso delas seja multiplicado para o máximo de famílias, a partir da própria troca de experiências entre esses sujeitos.

Entendemos que o Estado e suas estruturas governamentais garantem uma política de incentivos à implementação de grandes projetos de infra estrutura, tendo na sua essência o crescimento econômico, deixando uma lacuna muito grande para as dimensões sociais e ambientais, na garantia das condições de vida das populações que sofrem com a implementação desses projetos. Para isso, nosso trabalho está voltado a exigir condições no acesso a recursos para viabilizar sua implementação de forma massiva, na busca da melhoria da qualidade de vida dessas populações, associando sempre o desenvolvimento de tecnologias sociais com o protagonismo desses sujeitos.

Tecnologias sociais