Escolha um idioma:

Trajetória

Fundada em 1993, a ADAI é uma entidade com atuação nacional que iniciou seus trabalhos na região sul do Brasil com a missão de representar e garantir a defesa dos direitos dos atingidos por barragens, através de assistência social e de prestação de serviços de assistência técnica e extensão rural (ATER) aos destinatários de sua atuação social, que são, em sua maioria, famílias ribeirinhas ou reassentadas.

Desde sua constituição legal, a ADAI estabelece convênios de cooperação

técnica com empresas (estatais ou privadas) que operam os empreendimentos hidrelétricos, tendo por compromisso prestar serviços às famílias dos Reassentamentos Rurais Coletivos (RRC) e comunidades ribeirinhas, e desenvolver a produção agrícola de maneira sustentável nas propriedades, levando-se em conta, primeiramente, o autoconsumo e a segurança alimentar das famílias, produzindo com diversidade, qualidade e quantidade suficientes para uma boa alimentação e geração de renda com o excedente da produção.

Além dos trabalhos de cooperação técnica, a ADAI, antes de sua constituição legal,  trabalhou ativamente e continua atuando na instalação dos Reassentamentos Rurais Coletivos – RRC, na operacionalização, planejamento das atividades, acompanhamento na construção das benfeitorias individuais (dos atingidos beneficiários) e coletivas (escola, ginásio e igreja nas áreas comunitárias), administração dos recursos financeiros e acompanhamento às famílias remanejadas.

Diante do histórico da entidade e de sua intensa atuação no sul do país, e que posteriormente alcançou todas as regiões do Brasil, há de se evidenciar que assiste, diretamente cerca de 14.000 (Quatorze mil) pessoas em mais de 41 (quarenta e um) projetos executados, com parceiros públicos, privados, de origem nacional e internacional.

Para executar todas estas atividades, conta com profissionais de diversas áreas de atuação (técnico, financeiro e administrativo) e um grande número de voluntários. Esta equipe trabalhou e tem trabalhado de forma que promove a missão e dissemina os valores buscando melhores condições de vida para os atingidos por barragens.

Nos últimos anos iniciou os trabalhos com o Programa de Aquisição de Alimentos – PAA na região Sul do Brasil e, a partir de então, tomou o Programa como prioritário em suas ações para a geração de renda, soberania e segurança alimentar nas regiões em que atua.